O Tal Chá Verde…

 By Marcella Anversa

cha-verde

Famoso por seus incríveis efeitos terapêuticos, o chá verde conquistou a muitos, tornando-se a segunda bebida mais consumida no mundo. Toda essa fama é mérito da erva cujo o nome científico é Camellia sinensis.
E de onde vêm tantos benefícios? O chá verde possui diversos compostos bioativos como quercetina, kampferol, cafeína, aminoácidos (teanina), catequinas simples, epicatequina, galatoepicatequina, epigalocatequina, galatoepigalocatequina e galatocatequina-galato.

São muitos os estudos que conferem a cada um desses compostos os tão falados e desejados efeitos benéficos. Dentre eles, destacam-se sua ação antioxidante e anti-inflamatória, a redução do risco de desenvolvimento do câncer, efeito termogênico (auxilia na redução de peso quando associado à uma alimentação e hábitos de vida mais saudáveis) e diminuição dos níveis de colesterol.

Hoje, no mercado, podemos encontrar diversos tipos de chá verde apresentados na forma de sachês, já prontos em caixinha ou lata. Entretanto, segundo estudos, a melhor forma de aproveitar seus benefícios é mesmo através do tradicional e caseiro chá, utilizando-se a erva a granel.

A forma correta de preparo, depois que a água quase ferver, é desligar o fogo e deixar as folhas em infusão por no máximo 4-5 minutos. Este tempo será o suficiente para que se possa extrair os compostos bioativos e conferir um sabor agradável ao tomá-lo. Concluída a infusão, retire as folhas e deixe esfriar. Se preferir prepará-lo em uma quantidade maior, sem problema. Suas propriedades são preservadas por até 24 horas quando conservado na geladeira. Só não pode reaquecer!

Mas cuidado! O chá verde NÃO pode ser consumido em excesso e é restrito para algumas pessoas. Por exemplo, os que apresentam hipertensão e problemas na tireoide devem ter cautela ao consumi-lo. Além dessas restrições, o chá também pode comprometer a absorção de outros nutrientes se consumidos perto de determinadas refeições. Seu consumo é ainda contraindicado em alguns horários pelo teor de cafeína.

Adote esses mínimos cuidados e procure uma orientação individualizada para incluir o chá de forma saudável em sua alimentação.

tomar-cha-verde
 

Bom, só me resta desejar bom chá a todos!

Foto de perfil de Talita Alves
Jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica de Negócios. Estudou na escola Wimbledon School em Londres.

Deixe seu comentario !

Pular para a barra de ferramentas