Colonia del Sacramento, um portal para o passado

by Juliana Veiga

O Le Monde Littah passou o final de ano visitando lugares novos para compartilhar com vocês. E nada melhor que começar 2015 falando de nosso vizinho Uruguai.

Mesmo sendo um país pequenino, não tem como contar tudo numa única matéria. Então, vamos começar por seu destino mais rústico e nostálgico , Colonia del Sacramento.

A cidade mais antiga do país, parece ter parado no tempo. A 177km da capital, Montevidéu, foi declarada patrimônio cultural da humanidade pela Unesco, em 1995.

Colonia del Sacramento, Urugway

Caminhando por lá, encontramos casarios coloniais bem preservados, ruas de paralelepípedos iluminadas por lamparinas e vielas, sugestivas para passeios descompromissados. Encontramos preservada a mesma paisagem de quando portugueses e espanhóis disputavam o território do Rio da Prata.

Além do Centro Histórico, é obrigatória uma passada pela Basílica do Santíssimo Sacramento, a igreja mais antiga do Uruguai. Ela já foi reconstruída diversas vezes, graças as antigas disputas territoriais entre portugueses e espanhóis.

Também é uma boa pedida ir até o Farol de Colônia, de onde se tem a melhor vista de toda a região. Construído sobre as ruínas do Convento de São Francisco, tem os 118 degraus de sua torre cilíndrica em cima de uma base quadrada. Isso o faz único…

A três quilômetros do centro está a Plaza de Toros, a única arena de touros em estilo mourisco-espanhol do país. Ela só funcionou de 1910 a 1912, quando foi decretada a proibição de touradas no Uruguai. Infelizmente, por risco de desabamento, não se pode conhecer o interior da construção, mas os arredores são, no mínimo, curiosos.

E uma cidade histórica não estaria completa sem museus. Adquirindo um passe único, você conhece todos os museus da cidade. São seis: Casa de Nacarello, Museu Português, Museu Municipal, Arquivo Histórico Regional, Museu do Azulejo e Museu Espanhol.

Apesar de pequenos, não se consegue visita-los no mesmo dia, por seus horários de funcionamento. E, também, não se pode adquirir entradas para um único, apenas através desse bilhete único. Mas, como os seis contam a história regional de forma correlata, acabamos querendo conhecer todos.

Para finalizar, a lendária Calle de los Suspiros aguarda, com as casas mais antigas de Colonia del Sacramento, aqueles que querem eternizar romances e nunca mais se preocupar com conquistas. Diz a lenda que, quem subir e descer a pequena ladeira três vezes, será eternamente feliz no amor. E lá também, encontramos românticos restaurantes intimistas.

A melhor época para se conhecer Colônia del Sacramento é entre os meses de setembro e abril, quando se tem menos chuvas. As máximas não passam dos 28º, no verão, enquanto no inverno, o termômetro bate menos 6º.

Para chegar à Colônia, tem que ser viagem de carro, ônibus ou barco. As primeiras opções são no caso de você estar vindo de Montevidéu, pela Ruta 1, e levam cerca de duas horas e meia de viagem. A última, se estiver em Buenos Aires, viajando de ferryboats.

colonia-bullring

Montevideo-Colonia-de-Sacramento-foto-3
uruguai-sacramento
uruguai-viagem-sacramento

Foto de perfil de Talita Alves
Jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica de Negócios. Estudou na escola Wimbledon School em Londres.

Deixe seu comentario !

Pular para a barra de ferramentas