Outubro Rosa: conscientização contra o câncer de mama!

Oi Gente!!

Vamos se conscientizar!

Dados do Inca ((Instituto Nacional do Câncer)  revela, que o câncer de mama cresce cerca de 22% de novos casos a cada ano.

A campanha Outubro Rosa é de âmbito mundial, e conta com o apoio de pessoas, empresas e instituições públicas. O movimento teve o seu início nos Estados Unidos, em ações isoladas em combate a doença. No entanto, foi ganhar seu “fôlego” e força, em 1997, onde todas as cidades começaram a ter uma postura mais direta para a conscientização e prevenção do câncer de mama. Neste contexto, as casas e entidades enfeitavam suas fachadas com uma fita rosa, para simbolizar a causa. Posteriormente, houve a iluminação em tom de rosa nos lugares públicos, empresas e nas casas, o que levou a expansão e difusão do movimento.

outubro-rosa-prevencao-cancer-de-mama-lemondelittah-pela-causa-blog de ribeirao preto-blog do rio  de janeiro-talita-alves-jornalista-leticia andrade, sfc, rj

No Brasil, a primeira iniciativa de iluminação foi em 2002, no Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo. A ação do Outubro Rosa é hoje mundialmente conhecida pela sua iluminação cor de rosa. Uma forma bonita, bastante feminina e elegante, motivando vários povos e nações a aderir à causa. Neste mês, muitos lugares públicos e históricos de cidades como São Paulo e Brasília estão com iluminação rosa.

outubro-rosa-prevencao-cancer-de-mama-lemondelittah-pela-causa-blog de ribeirao preto-blog do rio  de janeiro-talita-alves-jornalista-leticia andrade

A prevenção é o melhor remédio para evitar, ou mesmo diagnosticar as doenças. Neste mês de outubro, a campanha Outubro Rosa,   vem alertar e conscientizar as mulheres contra o câncer de mama.

De acordo com o Inca, (Instituto Nacional do Câncer) o câncer de mama é o segundo mais freqüente do mundo, e o mais ocorrente entre as mulheres. No Brasil, a mortalidade é muito alta, porque muitas mulheres, já são diagnostica com o caso avançado. Quando o diagnostico é precoce, há chances de tratamento e  cura. É raro, casos de mulheres com menos de 35 anos de idade, acima desta faixa etária, sua incidência cresce progressivamente.

A doença pode ser também um fator hereditário, no entanto, é necessário o exame de toque na mama, diariamente. Também  é importante, manter hábitos saudáveis, como uma boa alimentação, e a pratica de atividade física. Evitar carnes vermelhas e bebidas alcoólicas, engravidar antes dos 35 anos, realizar exames clínicos com frequência e após os 40 anos, fazer a mamografia anualmente. São posturas de prevenção!

Gostaram?

Vamos se prevenir!!

beijos!

Foto de perfil de Talita Alves
Jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica de Negócios. Estudou na escola Wimbledon School em Londres.

Deixe seu comentario !

Pular para a barra de ferramentas