Setembro Dourado – Casa Ronald McDonald-RJ

setembro-amarelo-littah

SETEMBRO DOURADO ALERTA PARA O DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER INFANTOJUVENIL.

Compartilhe e junte-se a nós nessa corrente do bem!

A partir do dia 1º de setembro, e durante todo o mês, terá início a campanha Setembro Dourado, criada para
chamar a atenção, através de ações preventivas e educativas, para os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil
e a importância do seu diagnóstico precoce. A iniciativa é da Confederação Nacional das Instituições de
Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC, entidade que
congrega 49 instituições espalhadas por todo o País.

O câncer infantojuvenil corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação
descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo.
Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afeta os glóbulos brancos)
e os do sistema nervoso central e linfomas (sistema linfático).

Também acometem crianças e adolescentes o neuroblastoma (tumor de células do sistema nervoso periférico,
frequentemente de localização abdominal), tumor de Wilms (tipo de tumor renal), retinoblastoma (afeta a retina,
fundo do olho), tumor germinativo (das células que vão dar origem aos ovários ou aos testículos),
osteossarcoma (tumor ósseo) e os sarcomas (tumores de partes moles).

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer – INCA, no Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte (7% do total)
por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, para todas as regiões.
Estima-se que ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no país por ano, em 2016
e em 2017. As regiões Sudeste e Nordeste apresentarão os maiores números de casos novos, 6.050 e 2.750,
respectivamente, seguidas pelas regiões Sul (1.320), Centro-Oeste (1.270) e Norte (1.210).

Para tentar reverter esse prognóstico, as instituições trabalham na divulgação dos principais sinais e sintomas
do câncer infantojuvenil. Segundo o INCA, em torno de 70% das crianças e adolescentes acometidos
de câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados,
obtendo uma boa qualidade de vida.

Para divulgar o Setembro Dourado, a CONIACC preparou várias peças publicitárias informando sobre os sinais
e sintomas e alertando para o diagnóstico precoce. Este ano, a campanha mostra o depoimento de mães de
crianças e adolescentes que tiveram câncer, mas que, graças ao diagnóstico precoce, alcançaram a cura.

“A CONIACC e as instituições filiadas estão realizando mais uma vez o Setembro Dourado,
como forma de conscientizar a população e desenvolver em todo o Brasil a cultura de detectar
precocemente os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil. Esperamos contar com a colaboração,
e mais que isso, com a mobilização de toda a sociedade no sentido de que o câncer infantojuvenil possa
ser detectado o mais cedo possível e, assim, que seja alcançada a cura”,
afirmou Rilder Campos, presidente do CONIACC. 

Foto de perfil de Talita Alves
Jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica de Negócios. Estudou na escola Wimbledon School em Londres.

Deixe seu comentario !

Pular para a barra de ferramentas